Thrash com H

ENCARTE: FRANK ZAPPA [4]

quarta-feira, 9 setembro, 2020 por Txuca

A série de 6 cd’s duplos “You Can’t Do That On Stage Anymore” q FZ lançou ao fim de sua carreira/vida compila 20 anos de trechos de sons ao vivo (apenas o Vol. 2 é o único com show na íntegra, em 1974 em Helsinque), alternando versões inéditas, músicas (poucas) ñ lançadas e curiosidades para fãs. Todos os volumes contêm as justificativas para conter este e aquele outro som etc.

Fora isso, existe a descrição meticulosa, som a som, dos músicos participantes, do modelo de guitarra usada por ele, quantos canais tinha a mesa de som, tipo de fita utilizada, nome do operador da mesma e datas de apresentações específicas. Além de compositor, guitarrista e frasista de 1ª grandeza, FZ foi seu melhor curador.

Mas Zappa ñ tinha paciência com fã true ahahah Segue descrição singular contida no Vol. 5 dessa série:

This collection has taken more than 20 years to put together. It provides a comprehensive sampling of unreleased live material with absolutely no over-dubs, and, in this set, a few unreleased studio cuts. Disc One of this set deals with the early years from 1965 to 1969. Great care has been taken to ensure the best audio quality, however, the selections on Disc One, though not exactly ‘hi-fi’, have been included specifically for the amusement of those collectors who still believe that the only ‘good’ material was performed by those early line-ups“.

3 respostas

  1. André

    Não sei se o Portnoy se enquadra nesse tipo de fã, mas, que ele é xarope pra tentar se ficar parecido fisicamente com o FZ, ele é.

  2. André

    Ainda sobre o Portnoy. Ele disse certa vez, após assistir ao tributo para o FZ feito pelo Dweezil Zappa, que “eu não vou precisar mais montar uma banda pra prestar um tributo ao Zappa”. Algo assim. Quer dizer, alguém pediu isso pra ele?

  3. Marco Txuca

    Portnoy encaixa totalmente no perfil do alcoolista seboso q ele é: está há anos se “oferecendo” pra continuar o Rush com Alex Lifeson e Geddy Lee. Q são elegantes o suficiente pra ñ cuspirem na cara dele.

    Rush acabou. História de q vão continuar é spam de internet. Clickbait ou Portnoy tentando angariar simpatia.

    Anos atrás, fiz um post por aqui opondo Portnoy e Grohl, dando q eram opostos, um seboso o outro gente boníssima. Refuto isso: ambos são a mesma coisa. Gente q acha q está salvando o rock. Comportamentos messiânicos travestidos de uma falsa conduta de “olha como sou legal e todo mundo gosta de mim”.

    Forem num estúdio de tatuagem fazer piercing nos umbigos, terá q ser um BAMBOLÊ pra cada.

    Possivelmente se estivesse vivo, FZ ignoraria Portnoy. Tenho essa impressão. Agora, o lance do tributo de Dweezil, um show q virou dvd “Zappa Plays Zappa” eu recomendo demais.

    Dweezil montou uma mega banda e tem como convidados vários dos puta músicos q tocaram com o pai. Coisa muito foda.

    Porretnoy pode tocar Zappa na casa dele e tentar vender live pra devoto.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.