Thrash com H

EVERYTHING ENDS

terça-feira, 27 julho, 2021 por Txuca

Mike Howe (Metal Church) e Joey Jordinson (ex Slipknot).

Todo mundo aqui já soube. Mortes diferentes, pq gente de idade próxima (Jordinson estava com minha idade), ao invés daquelas do pessoal mais velho, q a gente até conta com a efemeridade na conta do dia.

Ou nalgum post a respeito. Vez ou outra, mandam coisa dos Rolling Stones ou de Tony Iommi pra mim e já me ocorre, reflexo, “puta merda, agora alguém foi”…

***

Metal Church é um enigma pra mim; tenho um disco, acho q o mais recente, q comprei pro märZ e copiei aqui. E mal ouvi. Parece q enquanto banda estavam num momento como ñ tinham desde os 80’s. Foda.

Preciso arrumar “tempo” pra conhecer.

E com relação a Joey Jordinson, falo bateristicamente q pra mim foi o melhor baterista do metal dos últimos 20 anos. E com um legado MONSTRO, de ter feito muita molecada (meninas, inclusive) querer tocar bateria.

Acho q isso é o máximo q um artista pode almejar. E Jordinson era artista. E Slipknot é metal, foda-se o tr00 dorme-sujo bolsonóia q parou em 1986.

Vida q segue.

13 respostas

  1. André

    Soube da morte do Mike Howe antes. Como não conheço Metal Church (só alguns sons aleatórios), não me impactou. Mas, são tão ou mais importantes que Slipknot.

    Já o Joey é ícone pra minha geração. Se é o melhor baterista dos últimos vinte anos, não sei. Mas, que é o mais influente, sem dúvida. O engraçado é ver um monte de gente da velha guarda prestando suas homenagens ao falecido. Não sei se oportunismo ou reconhecimento do legado do cara.

  2. märZ

    Metal Church é a banda menos valorizada e mais injustiçada daquela leva do meio dos 80. Começou bem, com um bom contrato que garantia lançamento mundial e produção do então novato Terry Date, mandou um EXCELENTE disco de estréia, um segundo que flertava com sucesso radiofônico, mas foi vítima de dois fatores: o próprio som, que nao se assumia nem como hard, nem como metal tradicional, nem com o emergente thrash; e a já conhecida estratégia falha da gravadora, que não soube trabalhar a banda.

    Mike Howe foi seu segundo vocalista, que deixou a banda tempos atrás e havia retornado há pouco, gravando os 2 últimos de estudio + um album de sobras. Todos muito bons. A banda havia reencontrado seu som e estavam em ótima fase. Agora já somam 2 vocalistas falecidos, triste.

    Sobre Jordy, nada sei. Não consigo curtir Slipknot. Mas triste ter ido tão cedo.

  3. Leo

    Sobre o Joey, como comentava com o Marcão, eu gosto de Slipknot (e gosto ainda mais por serem a antítese eleita pela tr00zada – vide que o Metal Archives nunca criou um verbete pra eles).

    Acho que, do ponto de vista da música, a teatralidade, o Corey e o Joey são os principais responsáveis pelo sucesso da banda (acho que a maior dessa geração de 2000).

    E Joey, especificamente, por ser esse puta músico que era, inovou demais tanto na teatralidade (com sistemas de tocar de ponta-cabeça e todo o mais) quanto ao trazer pra batida do new metal a velocidade do death metal e um groove do thrash dos anos 90.

    Conversava tb com o Marcão que, talvez, já haja gente avançando em relação a ele, pra falar dessa questão dos melhores dos últimos 20 anos (Eloy é um exemplo). Mas, como ele mesmo mencionou, já influenciados pelo próprio Joey.

    A quem interessar, comece a ouvir o Iowa, que acho o melhor deles. Se passar por People = Shit, Disasterpiece, e chegar em The Heretic Anthem sem identificar a importância e a qualidade do Joey, não precisa tentar mais nada. Rs

  4. märZ

    Dusty Hill, baixista do ZZ Top, se foi hoje tambem, 72 anos.

  5. FC

    Melhor dos últimos 20 anos? Xi, daqui a pouco o Aquiles pinta aqui pra reclamar que você não conhece a história dele.

  6. André

    E, os fãs do Japinha e do Eloy.

  7. Marco Txuca

    Em minha defesa, alego idade e conhecer mais de 10 bandas de heavy metal ahahah

    Fã de Aquiles e Japinha não tem condições de discordar do q quer q seja. Já os do Eloy tvz estejam abrindo horizontes, já q o próprio não se mostra deslumbrado ou náufrago do próprio ego.

    Além do mais, tem Jordinson como referência. Puxem o vídeo dele no YouTube tocando Slipknot.

    Marquei alguns por aqui no Instagram, numa postagem em q fui marcado por amigo off blog, de Bill Ward expressando condolências. E de modo embasado, reverente, altivo. Baterista reconhece outros bateristas; artistas reconhecem outros artistas.

    E fanboy virjão de Aquiles e Japinha q vão pra pqp.

    ***

    Pego a deixa de Dusty Hill: semaninha ominosa esta. É um por dia agora, caralho?

    Puta medo de conferir o WhatsApp hoje à tarde e ter mais algum informe…

  8. Tiago Rolim

    Metal Church nem fede nem cheira. Só ouvi o primeiro. Gostei. Mas nada que faça a roda girar ao contrário.
    Slipknot já é outra coisa. Banda muito boa. Tirando todo o teatro, sobra uma banda que soube como poucas usar o zeitgest a seu favor. Começaram New Metal, mas logo no segundo já saíram dessa seara. E sempre foram pesados. Muito pesados. E tem o melhor frontman do século até agora.

    Quanto a bateria de cabeça p baixo, Tommy Lee já fazia isso lá nos anos 1980…

  9. Leo

    Discordo!
    Portnoy e o maior baterista da galáxia e não se fala mais nisso.

    Se Deus existisse, certamente, ele pagaria um pau pro Bill Ward. E não conhecia a história do Tommy Lee – vou procurar!

  10. Tiago Rolim

    Bill Ward é foda mesmo. O problema é que ELE ficou entre Ian Paice e o mito( no bom sentido,
    por favor), de Jonh Bonhan. E ambos superiores a ele. Mas isso não tira os méritos do bobão do Sabbath. Hehehe

  11. Marco Txuca

    Eu morro insistindo q Ward ñ teve o mesmo reconhecimento de Bonham e Paice pq o Sabbath nunca foi muito estrela e pq as baterias do Black Sabbath sempre foram mal gravadas.

    Tem música no “Vol. 4” q até hoje ñ consigo ouvir o bumbo. E ñ pq estou ficando surdo; 20 anos atrás eu tb ñ ouvia.

    Ao mesmo tempo, tenho q Bill tem uma aura e uma autoridade impressionante. Ele parece ouvir bandas novas, e ñ só: curte. Vide a homenagem q fez ao Krisiun, q se sou um dos irmãos, tinha me afogado numa piscina de vodca, comemorando.

    Reserva moral, autoridade, zero oportunismo. Se o heavy metal fosse o Universo Marvel, Ward seria o Vigia. O anão gigante q ñ interfere, mas tudo vê.

    ***

    “Mito” e “Herói” são duas palavras q vai levar uns 100 anos pra desmerdear.

  12. märZ

    Confirmado: Mike Howe se suicidou por enforcamento.

  13. Marco Txuca

    Putz.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.