Thrash com H

MELHORES DE 2019

quarta-feira, 8 janeiro, 2020 por Txuca

Correndo atrás do delay. Acertando o passo. Vamos nessa.

MELHORES ÁLBUNS DE 2019, PRA MIM:

  1. “Hostile Defiance”, Exumer
  2. “Another State Of Grace”, Black Star Riders
  3. “Awakening”, Sacred Reich
  4. “From Here”, New Model Army
  5. “The Wings Of War”, Overkill
  6. “O Jogo Humano”, Test
  7. “Revelations Of Oblivion”, Possessed
  8. “Vile Nilotic Rites”, Nile
  9. “Escorrendo Pelo Ralo”, Surra
  10. “Humanicide”, Death Angel

A proporção de bandas de mais de 30 anos chama atenção.

***

MELHORES ÁLBUNS ADQUIRIDOS EM 2019, MAS DESOVADOS NOUTRAS SAFRAS:

  1. “Come In And Burn”, Rollins Band
  2. “Prequelle”, Ghost
  3. “Ágætis Byrjun”, Sigur Rós
  4. “Negatives/Blocked Minds”, Holocausto [relançamento]
  5. “Evisceration Plague”, Cannibal Corpse
  6. “Céu”, Céu
  7. “Smut Kingdom”, Pungent Stench
  8. “Jordan: the Comeback”, Prefab Sprout
  9. “Waltz Darling”, Malcolm McLaren
  10. Midnite Vultures”, Beck

bônus incríveis: boxes adquiridos a 10 e 2 reais, respectivamente. De Robert Johnson e Captain Beefheart.

***

PIORES ÁLBUNS ADQUIRIDOS EM 2019, LANÇADOS OU Ñ EM 2019:

  1. “Dois”, Kleiton & Kledir
  2. “Rita Lee”(1993), Rita Lee
  3. trilha sonora do “Tomb Raider”
  4. “Flesh And Blood”, Whitesnake
  5. “Pierrot do Brasil”, Marina Lima
  6. “What Sound”, Lamb
  7. “Deconstruction”, Meredith Brooks
  8. “Country Falls”, Husky Rescue
  9. “Dente de Ouro”, Blues Etílicos
  10. “Power From Hell”, Onslaught

***

MELHORES LIVROS DESOSSADOS ANO PASSADO E Q ME ATREVO RECOMENDAR:

  1. “Barulho Infernal”, Jon Wiederlorn & Katherine Turman
  2. “A Arte Sutil de Ligar o Foda-se”, Mark Manson
  3. “Tipos Incomuns”, Tom Hanks
  4. “Por Um Fio”, Drauzio Varella
  5. “Dicas de Sexo de Astros do Rock (Por Eles Mesmos)”, Paul Miles
  6. “Zonas Úmidas”, Charlotte Roche
  7. “Kind Of Blue”, Richard Williams
  8. “O Apanhador no Campo de Centeio”, J.D. Salinger
  9. “Relíquias”, Tess Gerritsen
  10. “Saga Lusa”, Adriana Calcanhotto

***

SHOWS DO ANO – 22 a q compareci, meu recorde em todos os tempos

  1. Test
  2. King Crimson
  3. Infectious Grooves
  4. Kool Metal Fest (Eskröta, Surra e Nervosa sobretudo)
  5. Ratos de Porão (SESC Pompéia 1º dia)
  6. Overload Beer Fest (Surra e Tankard sobretudo)
  7. Smack
  8. The Mist
  9. Lenine
  10. Replicantes

***

PREVISÕES PRO ANO:

Scorpions continua “turnê de despedida”; Banda Beijo e Ozzy tentarão ver se cola mais uma dessas; Sepultura lançará o “melhor da fase Derrick”; Max lançará Soulfly novo, mas fazendo turnê tocando Sepultura. De minha parte, cada vez mais shows no Sesc a 30 reais.

E uma torcida pra q o Coroner lance logo o disco novo. Outra: pra q o FNM, retomando atividades pra festivais europeus, ñ lance mais nada.

6 respostas

  1. märZ

    Post instigante. Alguns pontos:

    – New Model Army mantendo o alto nível, nunca decepcionam. Que vontade tenho de ir a um show deles.
    – O que exatamente não gostou no Whitesnake?
    – Possessed foi a melhor surpresa do ano.
    – Acho “Dente De Ouro” um album bem legal e agradável.
    – “Power From Hell” é horroroso, já tive 2 vezes e troquei 2 vezes; não pretendo ter novamente.

  2. FC

    Flesh and blood é ruim, é?

    Minha pequena lista:

    MELHORES ÁLBUNS ADQUIRIDOS EM 2019, MAS DESOVADOS NOUTRAS SAFRAS:

    1 – Iron Maiden – En Vivo
    2 – Iron Maiden – The book of souls: Live Chapter
    3 – Guns n’ Roses – Appetite For Destruction (Relançamento Remaster Duplo)

    MELHORES LIVROS DESOSSADOS ANO PASSADO E Q ME ATREVO RECOMENDAR:

    – Viva La Vida Tosca – João Gordo
    – Diário de um Imago – Fabio Shiva/Imago Mortis
    – O Olho da Rua – Eliane Brum
    – Tudo é Música – Ricardo Alexandre
    – Nem Tudo é Música – Ricardo Alexandre
    – Estação Carandiru – Dráuzio Varella
    – O Ano em que Morri em Nova York – Milly Lacombe
    – A Amiga Genial – Elena Ferrante
    – A Metamorfose – Franz Kafka

  3. bonna, generval v.

    Minhas listas, direto do facebook… mas com algumas alterações.

    TOP 10: Discos ouvidos (e lançados) em 2019
    – Refused – War Music
    – Volbeat – Rewind, Replay, Rebound
    – Otoboke Beaver – Itekoma Hits
    – Dead Fish – Ponto Cego
    – Rat Boy – Internationally Unknown
    – Tool – Fear Inoculum
    – The Claypool Lennon Delirium – South of Reality
    – John Garcia – John Garcia and the Band of Gold
    – Rammstein – Rammstein
    – The Chemical Brothers – No Geography

    Bônus:
    – The Young Gods – Data Mirage Tangram
    – Bring Me The Horizon – amo
    – Tyler, The Creator – IGOR
    – Test – O Jogo Humano
    – Omar Souleyman – Shlon

    TOP 10: Shows assistidos em 2019
    – Fantastic Negrito / Cine Jóia / SP
    – Kamasi Washington / Circo Voador / RJ
    – Living Colour / Circo Voador / RJ
    – Slayer / Rock in Rio / RJ
    – Weezer / Rock in Rio / RJ
    – Patti Smith / Popload / SP
    – Anthrax / Rock in Rio / RJ
    – Norah Jones / Vivo Rio / RJ
    – Ghostemane / Teatro Odisséia / RJ
    – Gangrena Gasosa / Cabo Frio/ RJ

    Bônus:
    – Dead Fish + Surra + Black Pantera / Circo Voador / RJ

    Top 10: Livros lidos em 2019
    – Relatos de Um Gato Viajante / Hiro Arikawa / 2017
    – Grande Sertão: Veredas / João Guimarães Rosa / 1956
    – Realidades Adaptadas / Philip K. Dick / 2012 (coletânea de contos)
    – O Alienista / Machado de Assis / 1882
    – Macunaíma em Quadrinhos / Mário de Andrade, Angelo Abu, Dan X / 2016
    – Sobre gatos / Doris Lessing / 2002 (coletânea)
    – Incrível, Fantástico, Inacreditável / Stan Lee, Peter David, Colleen Doran / 2015
    – Grande Sertão: Veredas (Graphic Novel) / João Guimarães Rosa, Eloar Guazzelli, Rodrigo Rosa / 2014
    – Belchior: Apenas Um Rapaz Latino-Americano / Jotabê Medeiros / 2017
    – Vidas Secas: Graphic Novel / Graciliano Ramos, Arnaldo Branco – 2015

    TOP 10: Filmes assistidos em 2019
    – O Menino que Descobriu o Vento / Chiwetel Ejiofor / 2019
    – Bacurau / Juliano Dornelles, Kleber Mendonça Filho / 2019
    – Midsommar – O Mal Não Espera a Noite / Ari Aster / 2019
    – Coringa – Todd Phillips / 2019
    – Matangi Maya M.I.A. / Steve Loveridge / 2018
    – Pequenos Monstros / Abe Forsythe / 2019
    – Porto, Uma História de Amor / Gabe Klinger / 2016
    – The Dirt – Confissões do Mötley Crue / Jeff Tremaine / 2019
    – O Homem Que Matou Don Quixote / Terry Gilliam / 2018
    – Fase 7 / Nicolás Goldbart / 2011

    Bônus:
    – Viva / Paddy Breathnach / 2015
    – Meu Amigo Enzo / Simon Curtis / 2019
    – A Outra Terra / Mike Cahill / 2011
    – A Esposa / Björn Runge / 2017
    – A Juíza / Betsy West, Julie Cohen / 2018
    – Mundos Opostos / Juan Diego Solanas / 2012
    – Yesterday / Danny Boyle / 2019

  4. Rodrigo

    Viva a menção ao “Prequelle”, disco que mais ouço nesses dias que correm.

    Vaia por ter colocado o novo do Whitesnake entre os piores. É muito bom! Mas o senhor não gosta de farofa então não adianta!

    E só ano passado leu “O Apanhador no Campo de Centeio”? Sua vida começou em 2019 então.

  5. André

    Farei a minha lista com calma depois.

    Ouvi esse disco do Ghost e não captei a fascinação. Não vejo nada demais. Acho bem chatinho, pra ser sincero.

    Alguém ouviu o novo do Barão Vermelho?

  6. Marco Txuca

    Ñ ouvi tudo, mas um som. E achei engraçadíssimo q o tal Suricato soa mais Frejat q o próprio Frejat hoje em dia. Suricato Caricato ahahah

    Mas ñ me animei. Parece algum projeto do Guto Goffi e Maurício Barros, sem muito apoio nem dentre eles. Tipo o baixista bolsominion (Rodrigo) pulando fora de turnê etc.

    Quanto ao Salinger, Rodrigo: lendo recentemente, acho q captei uma certa fascinação pelo livro. Ainda mais nos EUA e na época em q foi lançado. Hoje soa coisa de gente sem rumo e em depressão, q nada tem de glamour. Muito pelo contrário.

    Acho q entendo a identificação q muita gente teve com o personagem, e tal. Mas confesso q achei o livro bem árduo.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.