Thrash com H

SOLSTICE

segunda-feira, 20 junho, 2022 por Txuca

Seria apenas mais uma pauta cronofágica no boteco, perguntando o protocolar “o q ficou?”, mas aqui ñ.

Nunca tinha ouvido falar.

O pacote completo: death metal (death/thrash, mas tudo bem), Flórida, anos 90, capa de Ed Repka, produzido por Scott Burns no Morrisound Studios.

Guitarrista/vocalista com propriedade: Rob Barrett (aqui “Robert Barrett”), já de tempos no Cannibal Corpse, onde parece q ñ faz 1/3 do apresentado por aqui. E q baterista animalesco é esse?

Alex Marquez, o nome ñ me é estranho.

O guitarrista solo, um tal Dennis Munhoz, tb é outro aloprado.

***

Peço desculpas se o pessoal já conhece e conhecia isso de trás pra frente; aí é uma máscara tr00 q deixo cair ahahah

Por outro lado, a quem tá ouvindo pela 1ª vez hoje (dica q peguei na página facebúquica The Metal Realm, q está hoje saudando os 30 anos do petardo) tb… Putz, ficou um clássico realmente underground, hum?

Baita disco de estréia.

Uma resposta

  1. André

    Conheço a banda. Esse disco é foda. Acho que não fiz a associação com o CC kkk nem passou pela minha cabeça.

    Sobre o baterista. Eis o currículo do rapaz: https://www.metal-archives.com/artists/Alex_Marquez/12999

    Esse período do thrash metal (89-93) é o meu favorito. Mais técnico e criativo.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.