Thrash com H

ENCARTE: THE CRAMPS

quarta-feira, 16 junho, 2021 por Txuca

Entre o zoeiro e o se levando um pouco a sério demais, release apócrifo na contracapa de “Big Beat From Badsville” (1997):

WARNING!
This is not ordinary music!

Once again the band that dares to be different dives into the devil’s bucket and comes up gasping, with 14 new tunes to push your panic button. From the weird shadows of their offbeat taboo underworld comes more music of anti-social significance designed with the fiendish in mind. Bawdler than Tobacco Road and earthier than Gods Little Acre, this God-eating soiree will prime the carburetor of your sex machine. You’ll enjoy it whether naked on roller skates, semi-conscious, or both. Here, caught in the merciless coil of their primitive passions, THE CRAMPS are driven to new nighs and lows unimaginable before, PROCEED WITH CAUTION

MIKKEY DEE NO “INFERNO”

terça-feira, 15 junho, 2021 por Txuca

Sensacionalista o suficiente a manchete?

Será q já posso virar youtubber? Ahahah Ou virar “colaborador” do whiplash? Sei lá.

Estou inventariando por aqui um monte de Rock Brigade antiga. E tb alguma coisa da revista do “metal nacional”. Num plano de reduzir as edições e ficar somente com as essenciais. E/ou com as q tiverem matérias com Rush e Motörhead.

O print vintage (vulgo foto) acima é duma Rock Brigade de abril de 2005, edição 225, com Masterplan na capa (estavam lançando “Aeronautics”) e com entrevista com Mikkey Dee, respondendo pelo Motörhead, e à época lançando “Inferno”.

(Aham, q sacada!)

Destaquei a parte final – confiando no campo de busca do blog, q me serve de “memória anexa”, já q eu lembrar ou ñ q havia postado isto na época está se tornando remoto – muito direta por parte do entrevistador (Ricardo Franzin) e muito sincera da parte de Mikkey Dee, q ao q consta neste 2021 já teria gravado suas partes num novo do Scorpions.

O q me dizem: material “controverso”? Quão polêmico? Renderia quantas curtidas? Quantos likes esse guerreiro merece?

50 ANOS DEPOIS…

segunda-feira, 14 junho, 2021 por Txuca

… o q ficou?

Ñ É, MAS É

segunda-feira, 14 junho, 2021 por Txuca

TOP 10 DISCOS SOLO/PROJETOS PARALELOS Q PASSARIAM FÁCIL COMO (BONS) TRABALHOS DAS BANDAS DE ORIGEM:

  1. “Don’t Worry About Me”, Joey Ramone
  2. “Back to Basics”, John Connelly Theory
  3. “Harakiri”, Serj Tankjan
  4. “Belladonna”, Belladonna
  5. “The Secret Language Of Birds”, Ian Anderson
  6. “A Valid Path”, Alan Parsons
  7. qualquer um do U.D.O.
  8. qualquer projeto de Les Claypool
  9. “My Favorite Headache”, Geddy Lee
  10. “Boggy Depot”, Jerry Cantrell

EMBATE 2

sábado, 12 junho, 2021 por Txuca

versus

TRUTH BE TOLD

sábado, 12 junho, 2021 por Txuca

Vc ñ é um(a) die hard fan tr00 de Megadeth se ñ souber q os primeiros shows da banda foram em fevereiro de 1984, certo?

Agora, vou brincar de “mais tr00”: o Abattoir foi a banda de abertura, nas “primeiras apresentações do Megadeth, nos dias 17 e 19 daquele mês e ano. Como eu sei? Está na página do Abattoir no Metal Archieves:

https://www.metal-archives.com/bands/Abattoir/510

Por outro lado, fuçando na página do Megadeth por ali, se tem q Kerry King fez os únicos shows com Megadave em 15, 18 e 19 daquele fevereiro. Isso eu ñ sabia.

https://www.metal-archives.com/bands/Megadeth/138

Informações meio desencontradas, contas q meio ñ fecham, mas meio q se confirmam. Nas entrelinhas, alguma coisa deve ser verdade ahah

BRASIL É O PAÍS DO METAL

quinta-feira, 10 junho, 2021 por Txuca

Printado do print de alguém lá nos Colecionadores/Acumuladores do Facebook. Achei interessante.

E a vontade é monstra de mandar um “chupa” pra esse pessoal “metal nacional Vera Cruz” do caralho q é importante só pra quem conhece 10 bandas de metal e é isentão de direita. E parou no tempo.

BRINCADEIRA DE CRIANÇA

quinta-feira, 10 junho, 2021 por Txuca

Se é verdade q alemães ñ têm senso de humor, então acho q podemos enquadrar Helloween (Síndrome de Williams?) e Rammstein (sociopatas) em pólos opostos de um humor atípico, hum?

Esquisitos, uns e outros, pela falta de prática ou dum meio termo?

Ouço falar tb q os russos carecem de senso de humor, e ainda de algum mínimo entendimento de sentido figurado. Gente muito séria e objetiva.

E aí, a gente vê essa doideira (ñ censurada pelo YouTube. Q, aliás, se ñ censura youtubber bostonarista bostejante, ñ seria isto q vetariam) do vocalista do Rammstein, Till Lindemann, em clipe super produzido de alguma coisa q se assemelha um trabalho solo (sem Peter Tagtgrën) a caminho.

Saindo do forno (ops!)

“Odeio Crianças”.

Fora tudo isso, um monte de referência histórica russa, nazista e alemã q ñ tenho lastro pra sacar. Muito menos “captar” a piada.

Alguém aqui se habilita?

40 ANOS DEPOIS…

quarta-feira, 9 junho, 2021 por Txuca

… o q ficou?

DOIS ANO2 DEPOIS…

quarta-feira, 9 junho, 2021 por Txuca

… o q ficou?

« Previous Entries