Thrash com H

20 ANOS DEPOIS…

quarta-feira, 25 novembro, 2020 por Txuca

… o q ficou?

MICOS

terça-feira, 24 novembro, 2020 por Txuca

Assunto q surgiu no grupo de Acumuladores Colecionadores e q tento passar pra cá:

Relatos de micos/saias justas/constrangimentos ou enquadradas (aê, Jessiê!) envolvendo gente falando de discos, de bandas, de músicas.

Certamente temos, hum?

Lanço 3 por aqui, q já devem ter rolado em comentários, em alguma época pretérita:

  1. comprei o “Resurrection” (Halford) na sessão de “discos gospel” na finada Lojas do Gugu. Sério
  2. ainda este ano, o amigo dono da SoWhat (loja na Galeria) falou de uma senhora q entrou na loja perguntando se ele “tinha o disco novo dos Beatles. Assim como ele, tb ñ conseguiria responder
  3. um mais antigo: em tempos de Orkut, moleque perguntando a sério se os Ramones tinham surgido após a música do Motörhead

E aí?

CONFIRA COMIGO NO REPLAY

segunda-feira, 23 novembro, 2020 por Txuca

Pra fechar a temática mensal, caso de bandas/artistas preguiçosos com discos sem título (ou auto-intitulados) mais de uma vez na trajetória.

10 VIDE TEXTO ACIMA:

  1. DeFalla
  2. Killing Joke
  3. Nação Zumbi
  4. Secos & Molhados
  5. Queensrÿche
  6. Barão Vermelho
  7. Seal
  8. Peter Gabriel
  9. Nenhum De Nós

COMENTANDO DISCOGRAFIA

sexta-feira, 20 novembro, 2020 por Txuca

(tem ainda uns eps e uns splits + a coletânea “Death By Manipulation”, mas o essencial aqui está representado)

Napalm Death

“Scum” – a carícia essencial
“From Enslavement to Obliteration” – o poder do extrafísico
“Harmony Corruption” – inteligência emocional
“Utopia Banished” – em busca de sentido
“Fear, Emptiness, Despair” – em busca de nós mesmos
“Diatribes” – a sutil arte de ligar o foda-se

“Inside the Torn Apart” – as coisas que você só vê quando desacelera
“Bootlegged In Japan” – a coragem de ser imperfeito
“Words From the Exit Wound” – o lado bom do lado ruim
“Leaders Not Followers” – (ñ ouvi)
“Enemy Of the Music Business” – o poder da resiliência

“Order Of the Leech” – (ñ ouvi)
“Noise For Music’s Sake” – qual é tua obra?
“Leaders Not Followers: Part 2” – muitas vidas, muitos mestres
“The Code Is Red… Long Live the Code” – pressa de ser feliz

“Smear Campaign” – contos q curam
“Time Waits For No Slave” – minutos de sabedoria
“Utilitarian” – não me julgue pela capa

“Apex Predator: Easy Meat” – o poder do hábito…
“Coded Smears And More Uncommon Slurs” – manual de mindfulness e autocompaixão

“Throes Of Joy In the Jaws Of Defeatism” – felicidade em gotas

30 ANOS DEPOIS…

sexta-feira, 20 novembro, 2020 por Txuca

… o q “ficaram”?

50 ANOS DEPOIS…

sexta-feira, 20 novembro, 2020 por Txuca

… o q ficou?

ENCARTE: JOHN LYDON

quarta-feira, 18 novembro, 2020 por Txuca

‘Nota do editor’ no início de “Anger Is An Energy – My Life Uncensored”, autobiografia (co-redigida com/por Andrew Perry) de John Lydon, peculiar:

This autobiography is by John Lydon in his own words. Sometimes the organisation of those words does not conform to the traditional rules of grammar. In some cases, the reader will happen upon words not listed in the dictionary, or used in ways one might describe as ‘unorthodox’. The publisher is aware of this – they are not typos and misspellings we have missed; they are part of Mr Lydon’s unique ‘lingo’ and, as such, have been given (mostly) free rein. As John might say, ‘Don’t let tiffles cause fraction’“.

METALLICA WHO?!

terça-feira, 17 novembro, 2020 por Txuca

Nem lembrava mais do Therion. Sequer sabia q ainda existia, muito menos q estão Christofer Johnsson está prestes a lançar disco novo, “Leviathan” (q ñ é tributo ao Mastodon) no próximo 22 de janeiro, em 2021.

Parece um retorno à boa vibe perdida em “Lemuria” e “Sirius B”.

Enquanto isso, “S&M 2”, cd duplo sem dvd, está custando 130 REAIS na Galeria do Rock.

***

A outra orquestração da vez o YouTube me lançou no celular.

Ñ consegui saber se esse DeathOrchestra teria sido apenas um show tributo + dvd souvenir ou se é um projeto ativo. Parece coisa de gente dedicada vinda do Leste Europeu. E com cd lançado.

Ñ tenho gabarito pra discutir Death. Ainda. Gosto, mas nunca aprofundei.

Sei q curti o som e a abordagem. Enquanto os tributos a Chuck Schuldiner ñ saturarem, vou curtindo.

Enquanto isso, “S&M 2”, CD DUPLO SEM DVD, está custando 130 covids na Galeria do Rock.

TR3S ANOS DEPOIS…

terça-feira, 17 novembro, 2020 por Txuca

… o q ficou?

II

segunda-feira, 16 novembro, 2020 por Txuca

E na listagem temática do mês, compilemos as bandas q por preguiça auto-intitulam o segundo disco botando “2”, “parte 2” ou coisas do tipo…

10 DISCOS AUTO-INTITULADOS ‘PARTE 2’ OU ‘SEGUNDOS’ PREFERIDOS:

  1. “Version 2.0”, Garbage
  2. “Tin Machine II”, Tin Machine
  3. “Van Halen II”, Van Halen
  4. “Dr. Sin II”, Dr. Sin *
  5. “2”, Black Country Communion
  6. “Queen II”, Queen
  7. “Down II: A Bustle In Your Hedgerow”, Down
  8. “Danzig II: Lucifuge”, Danzig
  9. “Barão Vermelho 2”, Barão Vermelho
  10. “Pretenders II”, Pretenders [pra inteirar 10]

* mesmo ñ sendo o segundo disco

No mais: chamando playlist do bonna! Vai ter mais Neubauten?

« Previous Entries