Thrash com H

LEI DO FLAGELO

quinta-feira, 23 maio, 2019 por Txuca

por Leo Musumeci

Cada um tira o que pode do passado… Rs

8 respostas

  1. Jessiê

    Só tenho uma coisa a dizer:

    Me faltam palavras…

  2. märZ

    Tá çerto.

  3. Marco Txuca

    Jessiê: foram nove.

  4. Leo

    Percebam que o cara se deu ao trabalho até de fazer um logotipo pra si mesmo.

    E que, em momento algum, mencionou “seu novo cd e músicas do TLOS do Sarcófago”. É só o cd velho mesmo.

    Essa história de show comemorativo de (múltiplos de 5) anos tem sido muito útil pra justificar uma produção recente pífia de bandas que tiveram expressão.

    Nesse caso, esse saudosismo oportunista é elevado ao cubo.

  5. Marco Txuca

    Metal nacional em sua plenitude.

    Pra mim, a pior parte é a do “1º” e “2º lotes”. E venda online. E valor na porta!

    O bar cabem 100 pessoas, Leo?

  6. Leo

    Ah Marcão,

    Em terras Brasilis, cabe quanto quiser colocar (mesmo pós-tragédias), mas, em condições normais de temperatura e pressão, se muito, cabem 150.

    O primeiro lote foi pra quem trabalha na casa e o segundo pra família do dito cujo. Só pode. Rs

  7. Marco Txuca

    Num mundo ideal, certo Leo?

    Pois a família entra de graça. Mesmo q a mesma fosse só os “metaleiros mochilinha”, q nem copo d’água compram no bar. E usam o banheiro pra vomitar o vinho de garrafa de plástico q ficou fermentando o dia todo na mochila.

    Quem trabalha na casa pagaria só pra fraudar a contabilidade, e olhe lá.

    E foi no mesmo dia da micareta 17, então deve ter dado ZERO de ibope.

  8. Marco Txuca

    E uma dúvida tvz ingênua: pra q colocar o CEP do bar no flyer?

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.