Thrash com H

30 ANOS DEPOIS…

domingo, 23 abril, 2017 por Txuca

anjinhosFeNeMe

… o q “ficaram”?

4 respostas

  1. doggma

    “The Ultra-Violence” ainda é um dos melhores discos do DA. Thrash afiadíssimo e vocal carismático. E que puta capa. Banda subestimada desde a 1ª hora, pena.

    O Fenemê já estava com o caldeirão no ponto em “Introduce Yourself”. Metal, progressivo, pós-punk, funk, Zappa, etc. Estava tudo lá. Mas nunca ia dar certo com o Mosley, apesar de ser um ótimo vocal/frontman – quando ia aos shows, às reuniões, etc…

    Impressiona a longevidade de ambos. Bela dobradinha, chefe!

  2. Marco Txuca

    Impressiona terem sido lançados num mesmo dia e ano, ñ acha?

    Bandas diferentes em estágios diferentes, e q o tempo vem consagrando em diferentes modos.

  3. doggma

    Incrível.

    E bons tempos aqueles pra música!

  4. märZ

    Interessante: acho o Death Angel um dos melhores grupos de thrash metal que já existiram (até o presente), mas esse é o único album que não gosto. Acho mal gravado e pouco inspirado. Quase uma demo.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.