Thrash com H

40 ANOS DEPOIS…

terça-feira, 24 fevereiro, 2015 por Txuca

Led

… o q ficou?

10 respostas

  1. doggma

    Obra-prima.

  2. bonna

    Obra-prima. (2)

  3. Tiago Rolim

    Obra-Prima… Só isso…

  4. Colli

    Acho que foi o primeiro álbum da banda que comprei. Comprei na leva que saiu de remaster.

    Só conhecia Star Way to Heaven e Black Dog.

    Lembro somente da Kashmir.

  5. Andre

    Primeiro album da banda que ouvi. Um colega me emprestou. Não gostei na época. Hoje é o meu favorita. Obra-prima é pouco.

  6. Tiago Rolim

    Tinha uma edição antiga em cd, dei fim, dai comprei o remasters, dai dei fim, dai comprei um box com todos os discos em uma linda edição, dai tô esperando pra comprar essa nova versão remasterizada com bônus… Fazer o que? Jimmy Page sabe tirar meu dinheiro…

  7. märZ

    Prima-obra.

  8. Marco Txuca

    Parece ter ficado o álbum mais maduro da banda, com o legado de haverem misturado sonoridades orientais de modo mais consistente q os bicho-grilos anteriores e a eles contemporâneos.

    Se Michael Jackson e Paul Simon puseram Olodum pra tocar com eles, e se Sting fez álbum com “pegada árabe”, devem a “Physical Graffitti” a influência.

    Pessoalmente, é o disco deles q mais me permito gostar. Limado do blues de butique q tanto os caracterizava, expandiram a sonoridade por aqui. E tb a técnica: “Custard Pie” me pegou logo na primeira vez q ouvi.

    E “Kashmir” reconheço o valor, mas ñ gosto. É hit, mas acho superestimado. Em suma, pra mim o único disco da banda a quase rivalizar com qualquer Black Sabbath da época…

  9. Rodrigo Gomes

    Que heresia!

  10. Tiago

    Quanto a Kashimir compartilho a opinião. Sei que é clássica e tal, mas não sou muito chegado. Prefiro 1000 vezes a versão do Unleded. Ali ela cresceu e atingiu o ápice da sua intenção original.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.