Thrash com H

1º SOM – 1º ÁLBUM

sexta-feira, 16 janeiro, 2015 por Txuca

nvrmre

Nevermore

1º som: teoricamente, “Next In Line” ou “Believe In Nothing”, cujos videoclipes na época do “Fúria Metal” eu via, mas ñ assimilava. Ñ curtia, nem descurtia. Passava batido. Tecnicamente – e pra valer – “Narcosynthesis”, q o baixista q toca comigo fez questão de me mostrar, me emprestando o “Dead Heart In A Dead World” na seqüência. E q eu pediria, se ele ñ oferecesse ahah

1º álbum: “Dead Heart In A Dead World”, q gravei em fita (meados de 2004) da qual já me desfiz, pq comprei o cd em algum momento em 2013. Parece q comecei bem com a banda.

7 respostas

  1. Colli

    Foi o primeiro álbum que curti da banda. Curto muito também Godless Endeavor.

    Bom a banda é boa, mas também não fez falta quando acabou. Preferia o Sanctuary.

    1° som e álbum: The Seven Tongues of God do The Politics of Ecstasy.

  2. doggma

    Nunca tive CD. Baixei e experimentei o “This Godless Endeavor”. Fui muito com esse metal prog não, mas a competência do bando é indiscutível.

  3. doggma

    Em tempo, off-T:

    https://lh4.googleusercontent.com/-YK1ujV52UkE/VLrgH50Gr8I/AAAAAAAAJAI/wdpAaHxHuR4/s0/Utt.jpg

    Unlocking the Truth, banda (boa) de guris que um dia vão lembrar disso e amargar de vergonha.

  4. Marco Txuca

    Banda de trues de apartamento e home theater, hum? Provavelmente foram daquela leva de moleques q realmente ACHA q o “Death Magnetic” soa melhor no videogame q no cd/mp3 player!

    Capaz de jamais se arrependerem, mas darem de Geraldo Alckmin e dizerem terem sido “incompreendidos”.

  5. märZ

    Não conheço nenhuma música.

  6. Marco Txuca

    Tente a “Narcosynthesis” ou pelo menos metade desse “Dead Heart In A Dead World”. Periga curtir!

    Mas acho q a opinião do Colli procede: não fez falta quando acabou. Como não farão bandas contemporâneas a eles como o Arch Enemy e Dew-Scented.

  7. Faça

    1º álbum foi esse e o 1º som foi a própria “Narcosynthesis”. Até hoje acho esse álbum aí o melhor que eles já gravaram, de longe. O resto da discografia é boa, mas “destaque” mesmo é esse aí.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.