Thrash com H

À FRENTE

quarta-feira, 20 fevereiro, 2013 por Txuca

Pioneirismo é isso: antes do Metallica lançar no mercado os rascunhos intitulados “Death Magnetic” e “Lulu”, eis q descubro o Iron Maiden já o tendo feito em 2003, no single de “Wildest Dreams”: “Pass the Jam”, um aparente improviso real, feita enquanto se deixou o gravador ligado.

Percebam, nesta versão, a letra com requintes shakesperianos, citando César e Brutus, inclusive.

http://www.youtube.com/watch?v=LyjS69Jd8d8

Pagaria um cachê extra à banda cover mais truezenta – o q há de banda cover “oficial” dos caras na praça… – q OUSASSE cometê-la em show. Nota (torta) por nota (torta), tudo igualzinho ahah

Up the Irons! And the maidens too.

5 respostas

  1. Rodrigo Gomes

    Essa “música” saiu como bônus no Dance Of Death. Pelo menos no nacional.

  2. Marco Txuca

    Sério? Pois o da Patroa aqui ñ o inclui. Brinde da Roadie Crew…

  3. Colli

    Dance Of Death?!!… Que disco chato do caralho.

    Para mim está no mesmo patamar do No prayer… Se não for pior.

  4. Marco Txuca

    Tivesse saído como ep, só com “Paschendale” e “Montségur”, e “Wildest Dreams” como bônus na versão japonesa, seria um PUTA DISCO.

    E “No Prayer For the Dying” é um discaço, pôxa!

  5. Rodrigo Gomes

    Não não não não não… mil vezes não! Eu AMO o Dance Of Death, acho o opus sensacional. Pra mim o Dance Of Death e o AMOLAD estão no mesmo nível dos melhores discos da horda do Stevão.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.