Thrash com H

PEITAS

quinta-feira, 21 maio, 2020 por Txuca

Antes q digam q estou ocioso demais pra criar uma pauta assim…

… apenas me defendo dizendo q estou trabalhando quase q normalmente, e q a idéia me veio anteontem enquanto esquentava uns pedaços de pizza no forno elétrico ahah

Mas é o tipo de coisa q nunca tinha me ocorrido, em tantos anos de blog. Contar quantas camisetas de banda eu tenho. Nunca tinha feito.

Contabilizadas as q tenho atualmente: 68. Ñ é pouco, achei bastante.

E aí aproveito o embalo pra perguntar aqui geral a respeito delas em vossos guarda-roupas, ora só.

Com um modelo de questionário a ser pessoalmente adaptado e aquilatado pelos amigos e amigas. Pode ser?

***

CAMISETAS TOTAIS? 68
3 DE Q MAIS TENHO: 7 do Motörhead, 6 do Rush, 5 do Black Sabbath
QUANTAS GANHEI: 20
3 PREFERIDAS: Coroner (“Punishment For Decadence”), Rush (“Signals”) e Frank Zappa (“Ship Arriving Too Late to Save a Drowning Witch”)
3 MAIS USADAS: 3 do Motörhead (“Overkill”, “Kiss Of Death”, Snagletooth preta)
3 MAIS RARAS: Jeff Beck (“There And Back”), uma do Carcass self made (com o logo borrão) q uma amiga capixaba me mandou e uma do Atheist (“Jupiter”) q mandei fazer num boteco em Jundiaí
3 MAIS ANTIGAS: Ramones (“Brain Drain”), Slayer (águia) e Kreator manga comprida (“Coma Of Souls”); as duas primeiras compradas em 1989 e ainda servindo
MANGA COMPRIDA: 1
QUANTAS JOGADAS FORA? Acho q duas, sendo uma minha primeira: aquela do Ratos de Porão com o ratão empalando o Garfield. Todas as q tive ainda tenho
ALGUM ARREPENDIMENTO: nenhum
ÚLTIMA COMPRADA: Overkill, logotipo verde, no Overload Beer Festival 2019

ALGUMA CURIOSIDADE A RESPEITO: a única q tenho do Sepultura é com a formação Max e Igor. Já aconteceu mais de uma vez de eu ser cumprimentado na rua quando a usei.

14 respostas

  1. märZ

    Depois que conversamos mais cedo, achei mais 3 que estavam sujas dentro da máquina de lavar. Então meu total subiu para 70, redondinhos.

    Assim de cabeça, me lembro de 3 Motörhead, 3 Ramones, 3 Kreator, 3 Slayer, 2 Metallica, 2 Sabbath, 2 Sepultura, 2 AC/DC, 2 Possessed, 2 GNR, 2 Celtic Frost, 2 Overkill, 2 Rush, 2 Stones, 2 Beatles e mais um monte entre Van Halen, Bathory, Darkthrone, Bob Marley, Hendrix, Zeppelin, Judas, Alice In Chains, Purple, Nuclear Assault etc.

    Recentemente doei várias, tipo umas 10, pra sobrinho e namorada, pois estava apertadas (andei ganhando uns kilinhos), e vez ou outra dou uma limpada no armário e levo para bazares beneficentes.

  2. Jessiê

    Já tive muitas hoje nem tanto, entre 15 e 20. Pouco tempo atrás doei um monte.

    Maioria que tenho é preta mesmo: Predominantemente Slayer, Sabbath, Mercyful Fate, Kreator. Tenho uma do Sepultura da copa acho que 1998 linda amarela tipo seleção em um tecido grosso da Cavalera. Mas que uso pouco para não ser confundido por aí.

    Só eu que acho os cortes das camisas de metal horríveis? Largas nas laterais, curtas embaixo… Meu tamanho é de M pra G, as vezes compro GG e mando ajustar pra ficar mais confortável.

    Em tempo meus filhos tem um monte de camisas, moletons e jaquetas tupo Black Sabbath mini, Led Zeppinho… Existem muitos produtos de boa qualidade e diversidades no setor infantil.

  3. Marco Txuca

    Me parece q as camisetas femininas tb são de melhor qualidade. Algo q há 30 anos nem tinha direito.

    E sempre me incomodou mais as camisetas mais “porcas” mesmo: aquelas estampas q de bater o olho vc vê q vai desbotar. Ou aquele tecido ruim q na primeira lavagem já alarga.

    No sentido contrário, mesmo sendo as mais caras, as do Consulado do Rock e da Stamp (as do Slayer e Ramones q tenho e citei acima) são as campeãs. Nem rasgar embaixo do braço rasgam.

  4. FC

    1 Bruce Dickinson
    1 Megadeth
    1 Motley Crue
    1 Judas Priest
    1 Stryper
    2 Angra
    1 Iron Maiden
    1 Mago de Oz
    1 Grave Digger
    1 Def Leppard

    A mais recente tem 9 anos e a mais velha 22.

    A maioria me desfiz ao longo do tempo porque ficou velha demais (tinha até uma verde do Iron Maiden). Também comecei a achar um saco só ter camiseta preta na hora de sair. Dessas acima, só a do Iron Maiden é branca.

  5. FC

    Em tempo, os amigos de fora provavelmente não conhecem, mas o Txuca e o pessoal daqui certamente já comprou do maior baluarte da indústria têxtil-musical das portas de show em São Paulo: o “Camissêta”, uma lenda que até uns tempos atrás já produzia com a mesma qualidade que os merchans oficiais.

  6. Leo

    Contei uma dúzia aqui na gaveta.
    Mas, obviamente, já foram mais, entre doadas, jogadas, e perdidas na casa dos meus pais e afins. Rs
    Suponho umas 40 ou 50.

    3 primeiras: Acho que foram Iron Maiden – capa do Aces High, Sepultura – Logo do “S”, Bruce Dickinson – Chemical Wedding;
    Arrependimento: ter deixado uma camisa do Dark Tranquillity (camisa “social” mesmo – não camiseta – comprada na Alemanha) na casa de uma ex-namorada;
    Preferida: Camiseta do SummerBreeze 2010;
    Manga comprida: que me lembre, acho que foram umas 3, mais uns 3 moletons;
    Última: Hatefulmurder… Talvez.

  7. Marco Txuca

    Esse “Camissêta” lembro mais da fama, FC. Acho q vendia na rua de trás da Galeria tb, ñ?

    Provavelmente comprei dele nalguma porta de show, mas ñ sei dizer se mais de uma eheh

  8. Leo

    Famoso “camessêtas”.
    O cara é uma dessas figuras folclóricas do metal.

    Isso é uma questão.
    Eu nunca comprei peita de show na rua.
    Mesmo que a arte fosse mais bacana, preferia comprar dentro, pq, de alguma forma, era oficial e a grana iria pra banda ou pra quem tava organizando.

    Mas nem todo show conseguia comprar, por questõe$ óbvia$.

    E corrigindo uma informação: minha última camiseta foi do Claustrofobia, no lançamento do merchandising da MCD.
    Trampo de altíssima qualidade, desde a arte até o material, num show na faria Lima, num lugar bem legal, ainda que pequeno, ingressos num preço justo… O ponto contra, pro Marcão, foi a abertura do Siegrid Ingrid. Rs

  9. Marco Txuca

    Devia ser um desses bolivianos q trabalha no Bom Retiro com tecelagem, essas coisas. Agora quanto a comprar na rua, só tem um inconveniente: se vc ñ avaliar direito qualidade/preço, ñ vai dar pra trocar depois eheheh

    Mas nunca tive problema. Por outro lado, comprar no lado de dentro às vezes é (era) bem mais caro…

  10. märZ

    Fui num show do Nervochaos aqui em Vila Velha, quando daquele festival com Destruction, Nervosa, Chakal e outras bandas nacionais e gringas, e comprei a camisa oficial deles, com um pentagrama e cruz invertida nas costas. Ficou guardada um tempão no armário sem estreiar, e deu mofo. Resolvi lavar… encolheu e ficou do tamanho de uma babylook. Ou seja, nunca usei e virou pano de chão.

  11. FC

    Eu também preferia comprar o merchan oficial do lado de dentro por todos aqueles motivos. Mas a questão é que, pelo menos da última vez que o vi, o Camissêta estava vendendo com uma qualidade melhor e, naturalmente, mais barato.

    E teve gente comentando isso até para os próprios caras das bandas. “Pô, mano, R$ 80 pila! O Camissêta tá vendendo por R$ 20 uma melhor que essa”.

  12. Marco Txuca

    O “produto oficial” tb ñ dá pra trocar, muitas vezes. Tive um dissabor com o Claustrofobia, nesse sentido.

    Comprei o “Visceral”, dvd, da lojinha oficial naquele show de lançamento do “Download Hatred”. Veio riscado (tava lacrado) e pulando… Fazer o quê?

    Preço dos oficiais tb ñ ajuda. Já vi lojinha vendendo camiseta (e ñ “camissêta”) a 120 contos. Fora essa coisa de encolher ou desbotar: minha do Motörhead, “The World Is Yours”, comprada no show, tem a estampa nitidamente desbotável. Meio q nem uso, pq uma hora vai ficar uma bola branca esquisita no meio da camisa ahah

    Escrito “Motörhead” em cima e “The World Is Yours” abaixo.

  13. FC

    Quando eu era do fã-clube do Angra (pronto, pode me expulsar do blog) comprei uma camiseta e veio com uma estampa diferente da que tava no site.

    Reclamei e eles foram exemplares. Perguntaram se eu queria o $ ou trocar por outro produto. Preferi o reembolso, pagaram direitinho, até o correio e tiraram a camiseta do site.

  14. Marco Txuca

    Expulsão ñ é o caso… Teria como cumprir uma pena de Korzus e Vulcano por 30 dias? Eheh

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.