Thrash com H

ENCARTE: AUDIOSLAVE

quarta-feira, 20 maio, 2020 por Txuca

Contradição, lapso ou hipocrisia? Encarte de “Audioslave” (2001) conta com a seguinte informação em seu 3º parágrafo de ficha técnica:

Digital editing Greg Fidelman, Thom Russo, Andrew Scheps

Pra daí, no fim, última linha constar:

All sounds made by guitar, bass, drums, and vocals“.

Aham

5 respostas

  1. Jessie

    Meu espanto é você ter um disco do Audioslave. Nem eu tenho. hahaha

  2. Marco Txuca

    3 reais num bazar, acabei comprando. Numa mesma leva de “Get A Grip” (Aerosmtv), “Fragile” (Yes) e “Synchronicity” (Police)…

  3. märZ

    Chefe, posso estar falando besteira mas a gravação dos instrumentos mencionados ter sido digital e daí precisar de edição, não é a mesma coisa que ter usado sintetizador nas gravações.

  4. Jessie

    “Get a grip” é bom bagarai 3 realetas é um achado.

  5. Marco Txuca

    Então, märZiano: posso eu estar enganado, mas editar digitalmente parece ter o poder de “ajeitar” os sons.

    Parece ter se tornado o padrão, enrustido nalguns discos, assumido em outros. Ñ enquanto sintetizador ou teclado. Nesse Audioslave o vocal do Cornell parece irritantemente passado em autotunes. Por isso minha bronca:

    “Múscas feitas por baixo, guitarra, bateria e vocais” onde?

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.