Thrash com H

40 ANOS DEPOIS…

quarta-feira, 20 maio, 2020 por Txuca

… o q ficou?

6 respostas

  1. märZ

    Disco ruim, capa maneira. Sou fã de Kiss e demorei séculos pra comprar esse album (tipo uns 3 anos atrás), pois é muito fraco, não salva nada. Estavam brigados, não se entendiam, Peter Criss saiu durante a turnê. Tenho pra completar coleção.

  2. Rodrigo

    Repito o meu comentário lá do FB: o disco mais subestimado que existe, além de ser o meu favorito do Kiss. Disco gostoso.

  3. Jessie

    Não creio que seja possível uma pessoa que sempre desprezou Kiss, conseguir ouvir hoje. Mas também não irei tentar, por ora. Quem sabe daqui uns 20 anos. Mas não deixa de espantar a enormidade base de fãs (muitos fanáticos). Antes até culpava pelo show antológico no Brasil. Hoje nem sei. Musicalmente nunca consegui entender.

  4. Tiago Rolim

    Adoro esse disco. Comprei em 1995. E ainda tenho essa edição. Sempre ouço. É pop? Sim, mas é bom. Shandi é ótima. Música chiclete daquelas que abrem um sorriso no sua cara

  5. Marco Txuca

    Ñ sou o maior fã de Kiss, tenho cá uns 4 ou 5 discos, sem maiores compromissos com completar coleção ou virar fã a esta altura do campeonato.

    Sei do fanatismo peculiar de quem é fã de Kiss, q até disco ruim aprecia. E é uma marca daquelas conhecidas até a quem ñ é fã de “rock” ou de metal.

    Mas juro pra vcs q nunca tinha ouvido falar desse disco. O q é estranho. A capa parece capa de coletânea, ou daquele da Rita Lee, “Balacobaco” ahahah

    É um disco pop então? Renegado pela banda?

  6. André

    Ficou a capa maravilhosa. De resto, disco fraco, comercialóide e começo da derrocada dos caras(só fez sucesso no Japão). Está pra banda como o End Of Century está para os Ramones. Peter Criss não toca em nenhuma faixa.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.