Thrash com H

TRUTH BE TOLD

sexta-feira, 14 fevereiro, 2020 por Txuca

O Two (2wo), malfadado projeto proto-eletrônico de Rob Halford de único e último lançamento, “Voyeus” (1998), jamais foi um “projeto eletrônico de Rob Halford com Trent Reznor, do Nine Inch Nails.

Reznor consta creditado no encarte apenas como “produtor executivo” (entrou com uma grana). Fonte: encarte de “Voyeurs”.

3 respostas

  1. André

    Nunca ouvi o Two. Qualquer hora, dou uma sacada. Mas, é impressionante como a música eletrônica fez a cabeça das pessoas nos anos 90. Todo mundo quis tirar sua casquinha.

  2. Leo

    Acho até compreensível, afinal, houve uma inovação técnica que trouxe a possibilidade de fazer música de outra forma… e os músicos passaram a querer testar isso, como se fosse o futuro.

    Pra um cd de música eletrônica, o 2wo é muito bom!
    Já comparando com o Fight! ou Halford, é uma pena. Rs

    Mas o Halford tem essas coisas.
    O terceiro CD de estúdio da carreira solo dele é um CD de músicas de Natal… Vai entender!

  3. Marco Txuca

    Cd natalino é troço q vende muito nos EUA. Trans-Siberian Orchestra nasceu disso e quase só faz isso. Jethro Tull, Bad Religion, Tarja, e sei lá mais quanta gente tem seus cd’s natalinos.

    Um shredder gente boa, Gary Hoey, tem TRÊS. Intitulados “Ho Ho Hoey”.

    Quanto ao eletrônico, lembremos q uma subdivisão disso foi o monte de banda tentando copiar o som de bumbo do Pantera. Algo q parece como novidade, e q possa render muito $$, acaba sendo usado. Só o tempo mostra o equívoco.

    O mesmo aconteceu nos 80’s, quando Judas, Maiden, ZZ Top, Def Leppard e até o Van Halen começaram a usar synths e pads eletrônicos na bateria.

    Única banda q soube usar e cujos sons sobreviveram ao modismo? Rush.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.