Thrash com H

30 ANOS DEPOIS…

quinta-feira, 24 janeiro, 2019 por Txuca

… o q ficou?

10 respostas

  1. märZ

    Ficou um puta album de hard rock, um dos meus preferidos.

  2. FC

    Fantástico álbum de estreia, clássico do hard rock e muito mais pesado do que os contemporâneos.

  3. Marco Txuca

    Pego a deixa: Skid Row e Guns N’Roses vieram babando pesadaços em meio ao lamê decadente. Vingaram.

    Mas geraram estranheza com os posers acostumados com Poison e essas tralhas; mais pra frente, Mr. Big e Extreme vieram com propostas técnicas e refinadas… Até darem em nada.

    Tudo isso pra negar o papinho furado bolsoRC, de q “o grunge matou o hard e o thrash”…

  4. André

    “Tudo isso pra negar o papinho furado bolsoRC, de q “o grunge matou o hard e o thrash”…”

    Isso é conversa de quem acha que Nirvana inventou o rock ou qualquer coisa do tipo. Prefiro Warrant ao Pearl Jam hahaha

  5. FC

    Ah, mas o hard farofa o grunge matou (se não matou, sepultou). Nirvana e Pearl Jam simplesmente dizimaram Motley Crue, Poison etc.

    Basta ver que todas as bandas farofa têm lá o seu disco grunge nos anos 90. Kiss, Motley Crue, Skid Row, Ratt, Poison, Vixen etc.

  6. märZ

    Esse assunto da morte do hair metal já foi bem discutido aqui. Pra mim foi suicídio, mas se for pra apontar algum suspeito, aposto mais em GNR do que Nirvana.

  7. Marco Txuca

    GNR, Skid Row e se formos ver mais amplamente, Aerosmtv e Van Halen, vindos dos primórdios e “sobrevivendo” ao grunge.

    O laquê já estava vencido. Os posers teriam “morrido” ainda q a lambada tivesse tomado o lugar, em vez do grunge. Era só soprar, q fedia e caía.

    Ao mesmo tempo, o thrash metal soçobrava. E teve q se reinventar ou hibridizar. Com bons e maus resultados…

    Todo o resto, pra mim, é cultura de ódio e fase esquizo-paranóide (coisa de psicólogo) da RC.

  8. André

    Bom, sobre o disco: nunca me pegou. Nem esse, nem o Slave To The Grind. Sei lá, falta alguma coisa. Se eu tivesse ouvido na época que saiu, talvez, gostasse mais.

    Ainda nessa praia de quem matou quem: quem matou o new metal?

  9. Marco Txuca

    O new metal se matou a si próprio. De vergonha. Modismo natimorto, era questão de tempo. Quem queria ainda tocar, virou metalcore.

  10. FC

    Lembro de ter comentado isso aqui em post parecido, o vocalista de uma banda hard farofa série B (não me lembro qual, mas pode ser Faster Pussycat, Pretty Boy Floyd ou qualquer semelhante) disse que a consistência musical deles era tão pequena, que cedo ou tarde elas acabariam por conta própria mesmo.

    Mas no caso das hard farofa mainstream, todas tiveram que se adaptar ao novo som da moda.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.