Thrash com H

30 ANOS DEPOIS…

quinta-feira, 1 novembro, 2018 por Txuca

… o q ficou?

5 respostas

  1. märZ

    Gosto muito desse album, comprei em vinil quando saiu aqui. Ficou o adeus definitivo à sonoridade comercial dos anos 80, que tanto afetou o album anterior. Ficou a estréia de Zacarias Selvagem. Ficou um clip massa zoando Jimmy Swaggart.

    Ouço sempre.

  2. Marco Txuca

    O clipe é “Miracle Man”, certo?

    https://www.youtube.com/watch?v=j34juXrJWqw

    O meu tb é em LP, embora tenha ganhado dum amigo q se desfez dele (na época da galera se desfazer a rodo de discos, q “ocupavam muito espaço”). E gosto mais q do “No More Tears” seguinte, pq aboliu mão daquela frescurada glam q Ozzy já era velho e xarope demais pra comungar junto.

    Mas entendo q foi a virada pro som q veio em “No More Tears”, com auxílio de Lemmy e tudo o mais.

    ***

    Por outro lado, ficou uma curiosidade minha, ao rever o clipe: ñ era falsa memória, Geezer Butler nele. Lembrava mais dele q da zoeira pra cima do Swaggart.

    Mas fui ver e Geezer ñ gravou o álbum, foi Bob Daisley; assim como ñ gravou o “No More Tears”: tinha voltado ao Sabbath. Foi gravar mesmo o “Ozzmossis”, mais adiante (1995), qdo provavelmente se encheu do Tony Martin e foi gravar com Ozzy pra valer.

    Quase 10 anos depois.

  3. märZ

    Sim, me lembro desse detalhe: ao ver o video não entendi nada pois Geezer não constava nas fotos do encarte do LP nem da relação de músicos que o gravou.

  4. André

    É um típico disco de 1988.

  5. Jessiê

    Curto muito. Um dos discos do Ozzy que mais acho legal. Miracle maaaannn…

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.