Thrash com H

PERFIL TCH – FC

quinta-feira, 12 abril, 2018 por Txuca

Nome e/ou apelido: Fausto/FC

Idade: 37

Cidade e Estado de origem: São Paulo – SP

Gênero musical preferido: heavy metal

Ouve rock desde: mais ou menos 88 ou 89, ainda criança, com a sequência “Go Back” e “Õ Blésq Blom”, dos Titãs e com o “Appetite for Destruction”, do Guns. Mas digo que minha primeira memória musical é a intro de bateria de “Radio Ga-Ga”, do Queen, lá pra 86.

Disco que mudou sua vida: “The Number of the Beast”Iron Maiden

Disco que mais ouviu na vida: “Accident of Birth”Bruce Dickinson

Primeiro disco que comprou: “The Number of the Beast”Iron Maiden

Último disco que comprou: último disco novo, “The Book of Souls”, Iron Maiden. Mas adquiri posteriormente em sebo “5150”, Van Halen; “High Live”, Helloween e Tributo ao Judas Priest.

Top 5 discos ilha deserta: “The Number of the Beast”; “Live at Brixton Academy”, Faith no More; “Keeper of the Seven Keys 2”, Helloween; “To Hell with the Devil”, Stryper; “Operation: Mindcrime”, Queensrÿche.

Top 5 bandasIron MaidenFaith No MoreSoilwork, StryperQueensrÿche

Top 3 melhores shows que já viu ao vivo: adotei como critério as memórias afetivas e tudo que envolve o show, não necessariamente a performance no palco: Iron Maiden, 1996; Faith no More, 2009 e Stryper, 2006

Música que seria a abertura do seu próprio programa de rádio: “Bad Horsie”, Steve Vai

Música pra tocar no meu velório: “We Come Running”, Youngblood Hawk

Não entendo como conseguem gostar deAvenged Sevenfold, Metallica pós-Black Album, Shaman, Noturnall.

Já tocou em alguma banda: não

Além de rock, curto muito: Tears for Fears, Cindy Lauper, Keane, Roberto Carlos, Roupa Nova, jazz e uma cacetada de coisa.

Maior decepção musical: Iron Maiden pós “Brave New World”.

Indique 3 bandas novas: não são lá novas, mas que conheci agora: Black Stone Cherry, Volbeat e Avatarium

LP, CD, mp3 ou streaming: LP e CD pra coleção, mp3 e streaming para o dia-a-dia

6 respostas

  1. Cassio

    Esse “Operation…” do Queensryche é muito bom. Tambem acho o “Empire” tao bom quanto. “The Number..” nao ha o que discutir mesmo. Cyndi lauper tem muita coisa legal nos 80’s.

  2. Marco Txuca

    Curti o perfil de referências diferentes. Ñ começou no Maiden, mas acho q todos nós passamos pela Donzela, cedo ou tarde…

  3. Jessiê

    Acho que nunca ouvi o Stryper, mas em compensação o(s) Keeper… é (são) soberbo (s), como tudo que a banda fez até o Pink bubbles.
    Minha mãe tem todos os vinis do RC dá época do lançamento, inclusive os castelhanos e afins. Tudo que ele já gravou até compactos…

  4. André

    Tem que enviar esse questionário por email?

  5. Marco Txuca

    Quer participar tb, então?

    Me manda por email marco_berenguer@uol.com.br

    Mas com o questionário no corpo do email, sem anexo. Q ñ consigo abrir. O mesmo com relação à foto. Q pode ser por whatsapp, se vc tiver.

    Ou posta nalgum comentário de post de página anterior (anterior ao post da lista de títulos rimados, p.ex.), q aí eu copio e depois apago.

  6. FC

    Jessiê, Stryper apesar de musicalmente fazer parte daquela cena hard farofa, muitas das musicas são bem mais pesadas que as dos contemporâneos. E o vocalista é soberbo até hoje.

    Cassio, engraçado que o Operation e o Empire são do mesmo nível, mas são totalmente diferentes um do outro.

    Txuca, sim, é inevitável chegar no Maiden, depois resta ver quem é true e quem vai dizer que “ouvia quando tinha 14 anos” haha.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.