Thrash com H

EMBATE 2

sábado, 14 abril, 2018 por Txuca

versus

23 respostas

  1. Tiago Rolim

    Loco Live sem dúvida! Curto e grosso.

  2. Cassio

    It’s alive.

    Só tenho a impressao que na versao CD que tenho, as faixas que corresponderiam ao disco 2 da versao em vinil têm um som melhor, mais nítidas…

  3. Marco Txuca

    Então, Cassio… esse tipo de dúvida se vc levar a uma certa comunidade de Colecionadores (Acumuladores) de cd no Facebook – né, Tiago? – poderá render debate interminável.

    Afinal, é óbvio q o LP é melhor q o CD. SQN

    Meu “It’s Alive”, antes do CD, era gravada numa fita VAT, q depois da 2ª ou 3ª audição, começou a distorcer. Então ñ tenho cabedal para opinar ahah

  4. Cassio

    Kkkk da pra dizer o nome deste grupo no face? Porque desde q adquiri este CD Tenho esta sensaçao. Detalhe: é original da warner. Se fosse russo eu até entenderia…enfim…

    Pow patrao…essa fita VAT era horrivel. Tive outra tb que era uma desgraça chamada “Bulk”.

  5. märZ

    Loco Live pra mim. Saiu da tour em que os vi ao vivo em 1992, se não me engano.

  6. Marco Txuca

    Era turnê do “Brain Drain” e primeiro álbum com CJ.

    Vi duas vezes o Ramones; só ñ lembro se foi 1992 e 1994 ou 1994 e 1996. Lembro q havia medo de dar careca na porta pra bater em punk e no pessoal, o q aconteceu quando vieram em 1987.

    Quanto à fita Cassio, bem lembrado. Bulk. Ñ cheguei a ter. Mas ainda tinha uma outra horrível… ñ lembro o nome, mas era gravar e ouvir UMA vez q já estava ruim.

    ***

    Ah, e pra mim “Loco Live” tb. Mesmo sabendo q Marky fez overdub da bateria.

  7. märZ

    O show que eu fui no Canecão teve treta com os carecas, invasão da polícia, gás lacrimogêneo e Renato Russo puto esfregando os olhos.

  8. Cassio

    Ih…acho q vem novo 7 x 1 por aí kkkkkkk
    Qto as k7 , tinha outra que achei horrivel “Maxell”. sempre gostei muito mesmo das tdk . Duravam muito e o som delas era muito bom, mesmo as mais baratas. Achava até melhores que as BASF. Desculpe me o off topic e alongar esse papo sobre fitas mas aqui em Recife ja tem loja vendendo as ditas (originais de epoca) por preços maiores que os CDs. Imagina a qualidade do som dessas tralhas.
    http://universoretro.com.br/direto-dos-anos-80-fitas-k7-estao-voltando-ao-mercado-brasileiro/

  9. Cassio

    Nao revisei o texto aí acima e ficaram “muitos” além da conta. A quem leu, desculpem me.

  10. doggma

    O “It’s Alive” é mais importante. Registro de uma era. Mas vou de “Loco Live”. Lembro das primeiras vezes que ouvi… conhecia pouco a banda e não distinguia uma faixa da outra nem a pau, rs.

  11. doggma

    Sobre as fitinhas, a Sony, a TDK, Diplomat, BASF (Ferro Extra e Ferro Super) eram top de linha, mas caras bagarai. Já a VAT C46/C60 e Maxell eram baratinhas e, mesmo com qualidade tosca, quebravam o galho. A Scotch também.

    Agora a Bulk e a Nipponic, as mais baratas de todas, eram de lascar. Pratos e chimbal estourando pra tudo que é lado. Puta sensação de dinheiro e tempo perdido na frente do 3 em 1.

  12. Cassio

    Doggma – a impressao que eu tinha era q essas fitas mais “populares” era que essas mais “populares” deixavam o som muito abafado, embolado. Mas, dependia muito do equipamento e dos ajustes de equalizaçao, etc…como gerallmente eu mal tinha acesso aos 3×1 e as prensagens horriveis dos vinis brasucas, o negócio era curtir do jeito que dava mesmo!

  13. Marco Txuca

    Eu só comprava fitas Sony e TDK. Caras, mas valia o investimento. Basf tive algumas, mas tinha tantos tipos q eu preferia deixar pra lá.

    Nipponic: puta merda, q lixo. Acho q meu “It’s Alive” em fita (foi pro lixo) era da Maxell, outra bela merda.

    ***

    Quanto às fitas à venda, há deslumbrados (hipsters) pra tudo. A tal comunidade facebookiana tem de tudo: nego limpando vinil com cola branca, gente buscando compacto da Gretchen pra completar coleção, gente q coleciona sacolinhas das lojas onde compra cd e por aí vai.

    https://www.facebook.com/groups/colecionadoresdediscos/

    Frequentar o lugar ajudou MUITO a q eu baixasse uma bola compulsiva de até há alguns anos…

  14. Tiago Rolim

    A comunidade é de doido mesmo. Nunca vi tanta gente que gosta de trilha sonora de novela!!!!!!!, cada bosta que se vê lá que chega a ser divertido heehehe

  15. Cassio

    Txuca – segui o link q vc deixou e alem do grupo ser fechado, ainda tive que responder perguntas. Pensei que ainda jurar fidelidade e beijar a mao la do Don Corleone do grupo…

  16. Jessiê

    kkkkkkkkkk

    Sobre as fitas lembro da gradiente chroma, ou algo parecido, que eram olhos da cara que em teoria seria de qualidade superior. Comprei duas para gravar Slayer e não vi diferença alguma.

    Outra roubada eram as fitas de 90 minutos eram muito pesadas e ou não rodavam por isto ou embolavam tudo. Cilada total. Tive muitas de 45 (ou era 46?) minutos onde gravava cada lado do LP no lado da fita…

  17. Cássio

    jessiê – tinha um colega meu de outros tempos que também tinha essa ideia de que as K7s 90 min eram pesadas demais para os equipamentos…eu as usava numa boa até num walkman. eu pirava mesmo de raiva quando enrolavam nos cabeçotes ou mofavam. ficava naquela sensação de que nunca mais conseguiria ouvir aquele disco de novo. kkkkk
    nem imaginava o que a internet nos proporcionaria.

  18. Marco Txuca

    Cassio: sugiro encarar o questionário. E ver o nível de doideira de certos “colecionadores”. Independente de (mau) gosto, algumas coisas inacreditáveis ahah

    ***

    Jessiê: tb nunca vi vantagem ou desvantagem nas fitas Basf. O q era ruim era a embalagem, q ñ permitia escrever e colar capinhas, o q eu fazia.

    Fitas de 90 minutos comprei bastante. Ajudava em gravar dois discos numa mesma fita. Mas perdia em qualidade com o tempo. Nada q eu percebesse muito à época: o importante era ter pra ouvir.

    E nunca curti walkman.

  19. Cassio

    Nao vi o tal questionario. Qdo fui la , apareceram 2 questoes. Apenas escrevi “sim” em cada uma e agora posso ver o q acontece no grupo…realmente parece que tem uns la q se levam muito a sério.

  20. Marco Txuca

    Tipo os fãs de trilha sonora de novela, apontados pelo Tiago. Tenho teoria de q é gente de sebo, ou da Som Livre, tentando levantar a bola daquele tipo de disco pra vender…

    Só pode ser.

    ***

    Jessiê: e teu voto vai pra…

  21. Jessiê

    Cara não curto ao vivo. Ramones pra mim o Ramonesmania resolve. Então voto nulo, ou em branco….

  22. André

    It’s Alive. Você consegue distinguir uma música da outra, os caras se preocupavam um pouco mais com a dinâmica da coisa e a gravação é muito melhor.

  23. Marco Txuca

    Qdo quiser mandar o perfil, amigo, manda ae!

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.