Thrash com H

1º SOM – 1º ÁLBUM

sexta-feira, 12 janeiro, 2018 por Txuca

Death Angel

1º som: videoclipe de “Bored”, no indefectível “Fúria Metal”. Meados de 1990 ou 1991. Curti.

1º álbum: “Frolic Through the Park”, gravado dum amigo – o mesmo amigo q me apresentou Accept,  Annihilator, Exodus e outros tantos – de q tenho a fita até hj.

E curioso como as lembranças são imprecisas, tb devido à época: conhecer em 1990/91 um som dum disco de 1988. Pq algumas coisas demoravam mesmo a chegar. Tb ñ era época em q o cd era tão difundido, daí q me faz sentido lembrar de ter gravado a fita dum lp. Só q tenho quase certeza de haver gravado de cd mesmo.

8 respostas

  1. Cassio

    Um lojista aqui de recife (eduardo da armorial discos) tinha os três primeiros em vinil e eram “invendaveis”, ou seja, ele so gravava fitas a partir deles. Um amigo gravou 2 k7s nesse esquema – o “the ultra violence” e o “act III” e daí conheci esses e “act III ” me agradou mais, isso em 1992. O “Frolic…” so vim conhecer no fim de 1999.

  2. Marco Txuca

    Tempos de pirataria artesanal…

  3. Cassio

    Dia desses eu conversei com um outro lojista e durante o papo, ele afirmou que pagou o aluguel do ponto dele por muitos anos só gravando fitas..muitos lojistas reclamam mas ainda hoje ganham $$ com pirataria. Vide muitos DVDs e CDs russos, argentinos e outros mandrakes por aí.

  4. Marco Txuca

    Cd’s argentinos tem umas atrocidades… Chamando märZ!

  5. märZ

    CD argentino é uma loteria. Anything is possible. Tenho uns russos também que o som é tão baixo que tenho que aumentar o volume do som no máximo pra conseguir ouvir.

    Quanto ao post, acho que debutei com o Act III, gravado em fita por um amigo.

  6. André

    Conheço alguns sons aleatórios . Os amigos podem indicar alguns álbuns?

  7. Cassio

    André, Te indico firme mesmo os tres primeiros ( ultra violence, frolic e o act III) . mas os dos anos 2000 pra cá tb me agradaram; no geral, nao torço o nariz pra nada deles. So nao conheço a banda que um dos guitarristas formou nos anos 90 quando o D A deu uma parada, o “The Organization”.

  8. Marco Txuca

    “Killing Season” e “The Art Of Dying”, discos de quando voltaram, eu recomendo muitíssimo.

    Caso raro, senão único, de banda q voltou MELHOR do q era.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.