Thrash com H

UM ANO DEPO1S…

domingo, 29 janeiro, 2017 por Txuca

DT

… o q ficou?

11 respostas

  1. Tiago Rolim

    UmA das maiores porcarias já feitas sobre a laje do Metal,Rock ou qq outro estilo que se propõe a ser sério. Ouvi uma vez e só um disco. Não tive paciência pra ouvir o outro. Chato,pretensioso, repetitivo e mostrando como um vocalista pode ser chato ao infinito.

  2. Colli

    Vixe!!

    Acho que não nem querer lembrar desse álbum, depoiss do posto do Tiago!! kkk

  3. märZ

    Passo.

  4. Tiago Rolim

    Na verdade, desde a saída do batera chefão a banda se perdeu feio. E a coisa só piora com o tempo. Cada disco sem ele é um pior que o outro. O mais interessante, é que ele, o baterista chefão, tb não foi muito bem não.

  5. Marco Txuca

    Vou discordar um tanto do amigo: na verdade, o Dream Theater, desde o álbum autointitulado anterior, parece querer fugir do gueto do “prog metal”.

    Estão querendo se tornar um novo Trans-Siberan Orchestra. Fazer coisas pra Broadway. E, espertamente, sem recorrer a rococós sinfônicos e músicas de Natal.

    O álbum dá MUITO trabalho de ouvir, sim. É duplo. Mas os caras foram muito espertos em partir em várias músicas (ñ há nenhuma q passe de 6 minutos e pouco), o q facilita a audição. Um pouco.

    Bateria e baixo foram relegados a segundo plano; ñ há quebradeiras e as masturbações típicas. Azar dos fãs mãos-peludas.

    E criticar o vocal é meio chover no molhado: o cara é MUITO incômodo mesmo. E no álbum aqui, está interpretando 5 ou 6 papéis diferentes (é um disco conceitual sobre um lugar fictício onde a música foi proibida… bah). Em suma: os caras estão mirando a Broadway (capaz disto virar musical) ou os fãs de animes.

    Vide camiseta q vi recentemente do álbum, q inclui os PERSONAGENS da trama, e ñ os caras da banda…

    ***

    Quanto ao Porretnoy, vai se virando. Mas deve estar ganhando chequinhos e a vida segue. Até a hora em q resolverem voltar com ele… quando esse “plano business” falhar ou esgotar.

  6. doggma

    Ouvi só o primeiro pós-Portnoy e larguei de mão até segunda ordem. Soporífero tarja preta. Mas essas impressões do chefe aí já me animaram um pouco…

  7. Marco Txuca

    Os cabras estão virando os traidores do movimento mão peluda!

  8. Tiago Rolim

    O St. Anger dos caras.

  9. Marco Txuca

    O “Shit Anger” deles foi o “Falling Into Infinity”, tão inofensivo q faz o Avenged Queimaroscafold soar como o Sodom eheh

  10. Tiago Rolim

    Não. Aquele foi o.Load deles. O tempo fez bem a ele tb. Agora esse é o St. ANGER deles disparado.

  11. Marco Txuca

    Ñ achei pior q o anterior. Só meio exagerado.

Comente este texto

Importante: Os comentários são moderados e por isso o seu pode demorar a aparecer. Não é preciso reenviar seu texto.